Destaques

Engenharia da Computação X Ciência da Computação: Entenda as diferenças

Postado por Pedro Munhoz na categoria Profissão Informática no dia 26-01-2011

87

O post de hoje tem o intuito de sanar (ou pelo menos diminuir) as dúvidas e confusões quanto aos dois cursos. Eu como estudante de graduação de Engenharia da Computação já ouvi diversas vezes as pessoas perguntando “ah mas, o que se aprende na Engenharia da Computação?”, “O que faz um cara que estuda Engenharia da Computação?” e até mesmo “Ae Pedro, tu que cursa Ciência da Computação me diz aí…”. Não sei se isso acontece do lado da Ciência, mas na Engenharia quase sempre rola, então espero que após a leitura do post todos possam compreender um pouco melhor o que cada profissional faz e quem sabe até optar por um dos cursos!

Ciência da Computação

A nossa querida Wikipédia diz o seguinte sobre esse curso:

Ciência da computação é o estudo dos algoritmos, suas aplicações e de sua implementação, na forma de software, para execução em computadores eletrônicos.

Desempenha um papel importante, na área de ciência da computação, a formalização matemática de algoritmos, como forma de representar problemas decidíveis, os que são susceptíveis de redução a operações elementares básicas, capazes de serem reproduzidas através de um qualquer dispositivo mecânico/eletrônico capaz de armazenar e manipular dados.

Claro que não se limita simplesmente a sentar numa cadeira e ficar ali fazendo programinhas para computador. O Cientista da Computação pode transformar todo e qualquer problema que possa ser esquematizado mediante passos sequenciais num programa simples e de entendimento por praticamente qualquer pessoa. Um exemplo prático e de uso diário de muitas pessoas é o programa que roda em uma calculadora, seja ela simples ou científica. Todos sabem usar uma calculadora, mas poucos tem idéia do trabalho que dá programar o código dela.

Dependendo de quão aplicado e interessado seja o profissional, ele pode sair da área de programar para computadores e trabalhar em outras áreas, desenvolvendo aplicativos para portáteis, melhorando códigos de programas open source, etc… Tudo também depende de quantas linguagens diferentes ele sabe. Como costumava dizer o meu professor de Algoritmos e Programação C++: “Programar é fácil desde que tu tenha a lógica de programação. As linguagens são todas parecidas, a única diferença entre elas é a sintaxe.”

Concluindo, um estudante/profissional de Ciência da Computação se especializa bastante na área de programação, utilizando a lógica e a matemática como ferramentas para desenvolver seus programas.

Engenharia da(de) Computação

Vamos novamente a citação da nossa amiga Wikipédia:

A Engenharia de Computação, Engenharia de Sistemas de Computação ou Engenharia de Computadores é um ramo da Engenharia que combina a Engenharia eletrônica e a Ciência da Computação.

O estudante da área de Engenharia da Computação tem uma formação com bases sólidas nos fundamentos da Engenharia em geral: Cálculo, Física, Álgebra…, um pouco da parte de eletrônica, como montagem de circuitos, robótica, etc. e uma parte da Ciência da Computação, que é onde se aprende a parte de programação, focada em microchips, firmware e afins.

Eu creio que o foco de cada curso varie de uma universidade para a outra. No caso da minha, a UNISINOS, o curso é focado na programação de firmware, sistemas embarcados, robótica e Inteligência Artificial e ainda temos uma parte de automação. Tudo isso com uma formação completa de qualquer outra Engenharia e mais a parte de programação, que no meu curso inclui linguagens como C/C++ e Assembly.

Em suma, um profissional da Engenharia da Computação é (ou pelo menos deve ser) plenamente capaz de projetar e construir peças eletrônicas, como placas mãe, placas de roteadores, etc…ou seja, todo e qualquer tipo de circuito eletrônico e ainda pode programá-lo conforme seu desejo, usando os conhecimentos em programação adquiridos durante o curso.

Bom, acho que estas informações podem ajudar à quem ainda possa ter alguma dúvida em relação a ambos os cursos e ajudar às pessoas que ainda não se decidiram entre um ou outro por não saber exatamente o que cada profissional faz. Como vocês podem ver, ambos cursos são parecidos, mas não iguais. Um auxilia o outro, mas tem focos diferentes. Espero que tenham gostado do post e que possam ter entendido tudo. Se algum estudante/profissional de Ciência da Computação quiser complementar (ou repreender) sobre algo que eu tenha escrito, favor fazê-lo nos comentários, pois eu apenas possuo a visão do lado dos Engenheiros e não dos Cientistas. Obrigado pela leitura e até a próxima! :D

Comentários (87)

Mt bom suas dicas me ajudou bastante a tirar algumas dúvidas básicas.
vlw
bom agora descobrir que vou fazer engenharia valewu
Tirou a dúvida que eu tinha há muitos anos. Vlw!
Pena que por aqui por perto tenha só ciências da computação, queria fazer engenharia da computação. Vou optar por outra engenharia, ou elétrica(na UFMA) ou mecânica(na UFPI); ou pela ciência da computação. Gosto dessa área.
Muito bom!! Gostei da explicação, com certeza tirou minha dúvida!
Oi, pessoalmente acho que de forma genérica as engenharias estão voltadas pra aplicação do conhecimento enquanto que as ciências estão focadas no conhecimento em si.

Todas as engenharias tem uma base parecida que é necessária para que se comuniquem entre si, pois muitas estruturas/sistemas necessitam de conhecimento de mais de uma área e as engenharias devem poder cooperar para aplicar seus conhecimentos no desenvolvimento desse sistema.

Já nas ciências, o foco é centrado nelas mesmas, elas querem aumentar o seu próprio corpo de conhecimento sem muitas vezes se preocupar com as outras ciências, apenas visitando-as as vezes para desenvolver conceitos análogos.

Falando como alguém que fez ciência da computação e está estudando inteligência artificial, o meu foco é em desenvolver a área de inteligência artificial, não penso em como vou usar esse conhecimento de forma para resolver um problema, ou criar um sistema, mas penso no que fazer para aumentar as possibilidades da área em si.

Então, ao meu ver, ciência e engenharia cooperam. A engenharia usa o corpo do conhecimento para resolver problemas reais e a ciência estende esse corpo do conhecimento para aumentar as possibilidades.

Estou falando isso porque ciência da computação com certeza não se resume apenas a programas de computador, pelo menos não o curso que eu prestei.

Mas muito legal o texto, só achei esse detalhe que parece que a engenharia da computação fica sendo uma ciência da computação melhorada, quando na verdade elas tem propósitos diferentes.

Flw.

Foi mal, acabei de ver que essa discussão já aconteceu lá nos comentários antigos

De qualquer forma fica um discurso mais genérico em termo de ciência e engenharia aí, espero que acrescente alguma coisa e desculpe o incômodo de reviver algo que já foi discutido.

Flw

olha eu estava com muitas dúvidas por que eu estava olhando , e ciencia da computação esta em 5 profissão mais valorisadas e engenharia tmb … só a engenharia da computação que ñ …. mas as outras sim…. e eu ñ estava sabendo qual das duas e iria fazer ….mais agora eu já sei engenharia da computação…….
mais eu ainda tem só uma dúvida qual entre os dois que viajar os país do mundo inteiro … pra fica bem informato sobre os comercios ….indústrias…… vc poderia me responde? e me mandar a resposta no meu facebook por que meu email esta com problemas para eu entrar nele…..

Deixe um comentário