Destaques

Pasta Térmica: Técnicas, verdades e mitos

Postado por Danilo Augusto na categoria Manutenção e Hardware no dia 19-04-2010

17

A pasta térmica aplicada sobre o processador tem como função aumentar o contato entre o processador e o dissipador. Essa aplicação se faz necessária devido às ranhuras microscópicas que existem nas superfícies dos processadores e na base dos dissipadores. O espaço vazio nestas ranhuras é então ocupado pela pasta, aumentando a transferência de calor entre processador e dissipador.

Muitas pessoas acham que aplicação da pasta não merece atenção, mas alguns cuidados devem ser tomados ao aplicar a pasta:

Limpe as superfícies antes da aplicação: Quem está removendo o adesivo térmico ou uma pasta antiga para a aplicação de uma nova, deve limpar totalmente a superfície antes de fazer a aplicação. Os resíduos podem dificultar a transferência de térmica entre os componentes. O ideal é que a limpeza seja feita com álcool isopropílico – para evitar oxidações – e um pano macio ou guardanapo absorvente.

Seu processador deve ficar limpo que nem este

Aplique a pasta com o dedo: Particularmente prefiro aplicar a pasta térmica com os dedos envolvidos em um plástico, pois a aplicação fica mais homogênea que com o uso de uma espátula, por exemplo. Se por acaso você não tiver um plástico por perto, pode aplicar com o dedos sem nada mesmo.Há quem diga que esse modo não é muito profissional e que a gordura existente na pele pode comprometer a transferência de calor. A menos que você tenha acabado de comer uma coxinha de R$0,50 sem guardanapos, não há porque se preocupar com a “gordura da pele”. Claro, antes de aplicar a pasta lave as mãos com sabão.

*Não aplique pasta em excesso: A primeira vista parece interessante aplicar muita pasta a fim de aumentar a transferência de calor e a dissipação deste, mas existem dois motivos que provam o contrário.

O primeiro é que ao se colocar o processador a pasta vai transbordar (não encontrei uma palavra melhor) e sujar os componentes da placa-mãe. O problema não é sujeira que ela vai causar, mas o curto-circuito que ela vai formar entre os componentes, já que a pasta térmica possui metais em sua composição fazendo com que ela seja um ótimo condutor elétrico (a prata é o componente principal das melhores pastas térmicas).

O segundo motivo é que ao invés de aumentar a condução de calor entre o processador e o dissipador, o excesso de pasta térmica diminuirá consideravelmente essa transferência. Isto se deve pelo fato de que em excesso ela deixará de desempenhar sua função, que é a de preencher as ranhuras microscópicas presentes no processador e no dissipador, e irá ocupar, de fato, um espaço entre os dois, fazendo com que deixe de existir o contato direto entre o processador e o dissipador do cooler.

Qual a diferença entre pastas condutoras e não condutoras?

A diferença entre elas é simples. As pastas condutoras possuem componentes que conduzem melhor o calor, como a prata. As não condutoras não – mas não deixam de conduzir o calor, apenas o conduzem com menor eficiência.Existem algumas pastas que conduzem bem o calor, mas usam materiais que não conduzem eletricidade, como a cerâmica.

Se o seu processador não é um Duron da vida, não é overclocado (acabei de inventar a palavra) ou não tem problemas de aquecimento, não há motivos para investir numa pasta condutora.

Com quanto tempo devo reaplicar a pasta?

Normalmente a pasta é reaplicada durante a limpeza do micro, que deve acontecer pelo menos de ano em ano. Mas se você notar que a pasta resseca – endurece – com poucos meses, troque de pasta. Se o problema continuar, aumente a frequência com que você substitui ela.

Posso usar pasta de dente ao invés da pasta térmica?

Acreditem, esta pergunta existe. E não pense que a pasta dental vai “refrescar” seu processador, como disse um rapaz que comentou um vídeo no YouTube, porque ela não vai. Só use pasta térmicas.

Quanto custa essa tal de pasta térmica?

Aqui no bairro popular onde moro e onde se concentram 70% das lojas de eletrônica da cidade, um potinho com 15g de pasta térmica não condutora, custa R$2,50. Pastas condutoras com prata ou cerâmica costumam custar entre R$20 e R$40. Uma sugestão de pasta térmica dada pelo leitor do blog e amigo de MSN foi a Artic Silver 5, à venda no Mercado Livre.

Como aplicar a pasta?

Ao invés de explicar, achei melhor postar esse vídeo que encontrei no YouTube:

E aí, tem mais alguma dúvida? Poste nos comentários e livre-se delas.

Dia 22 deste mês o I/O faz 1 aninho o/

Comentários (17)

Oi.
Para os processadores atuais, não é necessário aplicar a pasta térmica! Certo?
Errado :D Provavelmente a pasta térmica nunca deixará de ser usada. Se ela deixar de ser haverá outro substituto. Pelo motivo de que nunca se “lapidarãm” bases de disspadores e de processadores microscopicamente lisos.

Abraços.

A Pasta Termica sempre deverá ser trocada, mesmo quando for “mexer” no processador pela primeira vez. Retire totalmente o adesivo térmico original, e passe uma nova pasta.
Justamente.
Dia 22, o seu blog faz aniversário junto comigo.

Parabéns para nós! Sou professor de Informática em Campo Grande-Ms e sempre cito o I\O nas aulas.

E é cara?! Parabéns pra gente :p

Nos sentimos muuuito lisongeados em ser uma fonte de conteúdo em que você deposta confiança.

Muitíssimo obrigado!

Abração!

(Nem teve comemoração do aniversário :( )

Muito bom seu site. Esta em favoritos.!!!
Usei uma pasta cara (Artic Silver), vou trocar de CPU posso reaproveitar a pasta?
Pode, desde que a pasta não esteja ressecada, mas com a mesma consistência de quando você a usou pela primeira vez. Se já se passaram muitos meses desde a primeira aplicação não vai valer a pena reutilizar, pois terá que trocar em pouco tempo depois.
Ótimo Post =D
Mas o Lance Da Pasta de Dente Foi Tenso
auahuahuahau
fala serio pasta termica ta de brincadeira
meu cachorro lambeu esta pasta, o que faço??
Enfia o dedo no toba dele.
e depois passa no processador ^^
Esta maneira que está sendo ensinada no video, nao é a maneira correta e eficaz de aplicar a pasta termica. Segundo Gabriel Torres em seu livro de man. de micros o correto é colocar uma medida no tamanho de um grao de arroz somento no processador, quando colocar o dissipador sobre ele, o peso fara com que a pasta termica seja destribuida de maneira uniforme.
Eu concordo com você Rogerio, deve-se colocara uma gota de pasta térmica do tamanho de um grão de arroz no centro do processador e logo após sobrepor com o dissipador, a preção entre ambos faz a pasta se espalhar!
Eu sempre faço assim e nunca tive nenhum problema.
eu uso pomada vaginal.

Deixe um comentário