Destaques

Use o prompt de comando para diagnosticar problemas em sua rede

Postado por Danilo Augusto na categoria Redes e Internet no dia 16-10-2010

23

image

Quem trabalha com suporte técnico vez por outra encontra problemas de conectividade nas empresas por onde passa. É um site que não abre, o MSN que não entra ou o programa da empresa que não é encontrado no servidor. No post de hoje você aprenderá a diagnosticar problemas de conectividade através de utilitários que o próprio Windows e Linux oferecem. Sigam-me!

Quem utiliza Linux, principalmente as distribuições destinadas aos servidores, certamente já conhece tudo ou quase tudo que vou dizer aqui. Entretanto, quem é um técnico “focado” em ambiente Windows pode não conhecer algumas ferramentas que o próprio Windows, através do prompt de comando, oferece. Comecemos pelo famigerado ipconfig.

Está com problemas de conectividade?

image

Antes de mais nada verifique as informações de IP, máscara, gateway e DNS do seu computador

Comando no Windows: ipconfig

Comando no Linux: ifconfig

Estes comandos quando digitados no console (prompt de comando) lhe fornecem informações como IP, máscara de sub-rede, gateway padrão e DNS, no caso do Windows. De posse dessas informações, você precisará verificar com o administrador da rede (se não for você) se essas informações estão corretas. Esse é o primeiro passo a ser executado antes de qualquer outro teste de conectividade.

Se o IP retornado pelo comando ipconfig iniciar com 169.254, significa que seu computador não conseguiu receber um endereço IP do DHCP. Verifique o servidor de DHCP da sua rede.

Se você não conseguiu pegar um IP válido do DHCP, tente solicitar novamente através do parâmetro /renew logo após o comando ipconfig. Exemplo: ipconfig /renew. Este comando solicitará novamente um IP ao servidor de DHCP da sua rede.

Está tudo OK com endereçamento IP? Utilize o ping para verificar a conectividade básica

Comando no Windows: ping [URL ou IP do host]

Comando no Linux: ping [URL ou IP do host]

Ao se detectar qualquer problema de conectividade o primeiro passo a se fazer é tentar pingar o host que você está querendo acessar. Por exemplo, você quer acessar o computador que tem o IP 192.168.0.5 e não está conseguindo, então você entra no prompt de comando e tenta pingá-lo, ou seja, você vai digitar ping 192.168.0.5. Se o ping for respondido, significa que você tem conectividade com o host, entretanto, alguma coisa, como o firewall ou uma configuração incorreta no programa do host remoto, pode estar impedindo você de ter acesso às suas pastas ou à determinada aplicação residente neste host.

O ping também pode lhe ajudar a determinar problemas de conectividade com a Internet. Imagine que você está sem Internet. Depois de verificar suas configurações de rede com o comando ipconfig, você deve tentar pingar o gateway da sua rede que é o computador, roteador ou modem roteado que é responsável por lhe conectar à Internet.

Através do comando ipconfig você descobre qual o IP do seu gateway

Se o ping ao gateway for respondido, significa que até o gateway está tudo bem. Agora teremos que descobrir o que acontece depois dele, ou seja, o que acontece quando o ping vai para a Internet. Para isto, tente pingar um IP da Internet, como o do servidor DNS do Google, o 8.8.8.8. Se o ping for respondido, você tem conectividade com a Internet e o seu problema pode estar escondido em algum vírus, firewall do seu computador, na configuração incorreta no navegador e até mesmo no seu servidor DNS.

Entretano, você precisar verificar a operação do seu DNS, pingue um site qualquer. Se a URL do site conseguir ser traduzida num endereço IP, significa que o seu DNS está funcionado e que o seu problema está no seu computador e não no provedor de acesso. Note que na imagem abaixo a URL www.iotecnologia.com.br foi traduzida para o IP  200.98.197.17 que está entre colchetes.

image

Ao dar um ping no Linux, o sistema não cessa o ping até que você pressione simultaneamente as teclas CTRL e C. Já no Windows, para que o ping não não cesse, você precisa adicionar o parâmetro –t logo após o comando. Ex: ping 10.1.1.2 –t.

Através do comando ping você também pode descobrir se uma conexão wireless está em um canal poluido ou se o sinal está chegando fraco demais. Se você, mesmo numa distância pequena do roteador, está tendo um número considerável de perda de pacotes através do ping (>= 10%), pode ser que a sua rede sem fio esteja em um canal poluido. Para certificar-se de que realmente está num canal poluido, baixe o InSSIDer e coloque seu roteador wireless num canal limpo.

Para verificar o sinal e a cobertura da sua rede sem fio, basta você pegar o seu notebook, dar um ping –t no seu computador e sair andando pelo ambiente até que chegue a um ponto onde você começa a perder uma quantidade crescente de  pacotes. Pronto, esse é o limite da sua rede wireless.

Verifique onde ocorre o problema traçando uma rota da origem ao destino

image

Comando no Windows: tracert [URL ou IP do host]

Comando no Linux: tracert [URL ou IP do host]

Você está tentando acessar um site e não consegue? Que tal verificar onde a sua requisição pára? Com o comando tracert você descobre o caminho que o seu pacote percorre até o seu destino. Se o pacote pára em um roteador fora da sua rede, quer dizer que o problema não depende de você, depende da empresa dona daquele roteador ou mesmo do seu provedor. Mas se o pacote pára dentro da sua rede, ou seja, pára no seu gateway, significa que você tem um problema de conexão com a Internet interno e deve descobrir o que é.

Se o problema realmente for interno você pode tentar reinciar o modem e o roteador e verificar, caso use Velox ou Speedy, se seu usuário e senha de conexão estão corretos.

Verificando portas abertas com o netstat

Comando no Windows: netstat [parâmetros]

Comando no Linux: netstat [parâmetros]

Se você está tentando acessar aquele programa e não está conseguindo pode ser que as portas necessárias ao funcionamento dele não estejam abertas ou estejam bloqueadas pelo firewall. Para verificar quais portas estão em modo listening, use o comando netstat.

No Windows você pode utilizar os parâmetros –a, para listar todas as portas com conexões estabelecidas e disponíveis e o –p [protocolo] para filtrar o retorno do comando por protocolo (tcp, udp, tcpv6, udpv6). Maiores informações sobre o netstat Windows.

No Linux você pode usar os parâmetros –a para listar todas as portas abertas e estabelecidas, –t para mostrar o resultado com TCP, –u para UDP e –n para não resolver nomes DNS. Maiores informações sobre o netstat Linux.

Se você descobriu que as portas não estão sendo listadas, você pode verificar as regras do seu firewall e verificar as configurações de porta do programa que você precisa acessar.

Galera, é isso que tenho pra ensinar a vocês neste sábado. Na próxima semana tem um post explicando os principais termos usados em redes de computadores como IP, máscara de sub-rede, gateway, DNS…

Abração!

Comentários (23)

Mo Legal Isso Sempre Usei o Ping….
Para ver Como Que Esta a Conexão Com A Torre!
Parabéns! Joga pra caralho!!!
Parabens pelo site e pelo post. VCs são nota 1000. Aproveitando a oportunidade, queria, se possivel for, tirar a seguinte dúvida: aqui na minha cidade não tem internet banda larga (interior do maranhão). Por isso, minha internet é de um provedor local via rádio (o unico da cidade). Acontece é que o dono do provedor está bloquando alguns sites da internet, por exemplo o http://www.eas_y-shar_e.com – (serviço de download – tive que mudar o nome do site, se não não conseguia enviar esse comentário). Considerando que eu pago para utilizar os serviços de internet e por isso, a meu ver não cabia ao administrador do servidor (rede) bloquear nenhum serviço da internet, pergunto: tem como eu remover o bloqueio citado?
Cutião, remover o bloqueio da rede do seu provedor não há como, entretanto, você pode tentar burlar esse bloqueio de duas formas. A primeira é tentanto acessar o site do 4shared através do IP dele. Se você leu o post certamente saberá como descobrir o IP do site. A segunda forma é usando um proxy, como o UltraSurf, o qual já falamos aqui no blog neste endereço: http://www.iotecnologia.com.br/proxy-e-ultrasurf/

Abração e boa sorte ;)

Agradeço a atenção que vc me disponibilizou. Vou executar as dicas, depois conto como foi. Mais uma vez muito obrigado!!!
to nama rede dhcp de um provedor wifi,como faço para o pessol não atrapalhar meus dowloads num mesmo servidor
muito bom!
só recomendo a meninada que não consegue se conectar a internet em suas residências que de um ping no seu modem.
o ip dele aparece no ipconfig.
blog muito bom. a algum tempo venho acompanhando ele, tinha ficado meio abandonado a alguns meses né :/
Ficou sim, mas já faz uns 2 ou 3 meses que estamos na ativa novamente. Abração
Muito bom o post, agora só uma correção no Linux o comando certo é “traceroute” e não “tracert”, parabéns pelo site, muito informativo.
gostei muito
maravilhasssssssssss
Show de bola, =D
Meu car!.
Parabens pelo seu trabalho.
Gostaria que vc, que com o conhecimento que demonstrou ter, tente resolver um probleminha que esta me incomodondo muito.
Esses ícone com dois monitores, informa dados recebidos e dados enviados, certo?
Hoje, por exemplo, desde cedo quando liguei o PC, o mesmo estava ativo, comno se estivesse baixando algo. Passou o dia inteiro baixando pacotes e mais pacotes e não aconteceu nada, a não ser deixar a internete lenta a pondo de eu não conseguir acessar alguns sites.
Existe alguma forma de saber quem esta mandando esses pacotes?

Um abraço

Elivaldo

Esse é meu primeiro Script que tem tudo a ver com o post…

http://pastebin.com/CkmPjHaZ

Gostaria de sugestões para melhorar o script…

Agradeço a todos!

mt legal ae mas eu ja sei disso tudo impartes e bom q isso teja ae assim pra kem nao sabe ve aki obg falouuu.
cara vc e demais vc esina muito beim quando vc tiver mais auals desa me mande um email kelvinsaopaulo54@gmail.com
Olá Danilo, tudo bem?
O site está ótimo. Sou estudante de redes e não consegui enter ainda essa história de portas.
Como funciona isso?
O netstat mostra q portas a do meu pc?
O que faço depois q descobrir as portas?

Desde já meu muito obrigado.

joaomaria
Natal-RN

bota chaves narede seu burro
boa noite.
aqui quem fala e o cesar do Piaui/Teresina; sou analista de suporte técnico.
você encina muito bem,e o seu site e bom parabens para vocês e espero que o site tenha mais visitas. ^^

PERGUNTA:tenho um programa em um pc que quando eu abro ele so fica piscando o curso e de pois fecha qual e o problema do programa,e como faço para resolver o problema; espero resposta.

Pra um “analista de suporte” vc é bem fraquinho.
Com essas informações pode ser um monte de coisa, qual o programa?, abre uma tela de prompt?, gera algum erro de evento?, testou o program em outro computador?
E o que fazer quando ping dá 100% de perda no ip digitado ???
é muito legal quando a pessoas como você para esclarecer duvidas de usuários que precisam buscar mais conhecimento. Mas tem algumas pessoas que são muito leigas, e ai é que alguns palhaços ao invez de ajudarem ficam detonando essas pessoas.
Se esses palhaços se acham o bichão da goiaba, post algo interessante IDIOTAS.
Ao Danilo, parabéns cara, O que você postou são conhecimentos basico, mas tem muita gente que precisa destas informações.
MUITO BOM ESCLARECER DUVIDAS ESPALHANDO CONHECIMENTOS PARABENS NOTA 1000 ABROÇOS

Deixe um comentário